Marketing e RH: entenda como esses setores se complementam para contratação de novos funcionários

Entenda como a conexão entre as áreas pode ser importante para atração de candidatos à vagas

As empresas estão enfrentando um mercado cada vez mais competitivo, onde contar com candidatos bem preparados e motivados é extremamente importante para a sua sobrevivência e seu crescimento. Por isso, para atingir bons resultados, os negócios apostam cada vez mais no alinhamento entre Recursos Humanos e Marketing. Pode parecer que não, mas esses dois setores têm muito em comum e podem fazer a diferença nos resultados de um negócio. 

Leia também: Saiba como encontrar bons profissionais para trabalhar na sua empresa

Engana-se quem pensa que o Marketing busca atrair os olhares apenas de clientes e parceiros. Esse setor é responsável também por tornar a empresa atrativa aos olhos dos profissionais do mercado. Assim como o setor utiliza as campanhas publicitárias para atrair novos clientes, dentro desse contexto, há o uso de estratégias capazes de atrair os profissionais.

Atração de candidatos

Para que consiga crescer, a organização precisa atrair bons candidatos e manter os profissionais que já fazem parte da equipe. É nesse momento que os dois setores precisam trabalhar juntos para alcançar esses objetivos.

No caso da retenção de funcionários, é preciso pensar em estratégias capazes de engajá-los dentro da empresa. Dentre as várias ações estão os benefícios oferecidos, como o incentivo à educação, que apoia os colaboradores no processo de tornarem-se profissionais ainda mais competentes e valiosos para o mercado.

Outro ponto importante é que muitas áreas, como a de tecnologia, possuem muitas vagas disponíveis e poucos profissionais realmente capacitados para ocupá-las. Ou seja, há uma certa disputa, por parte das empresas, para captar os melhores profissionais. Por isso, a importância de promover a empresa não só para clientes, mas também para candidatos.

Uma das estratégias para driblar este problema é a construção da imagem da empresa, como um bom local para trabalhar e se desenvolver. Existem, inclusive, rankings que apontam as melhores empresas para trabalhar e sites onde funcionários e ex-funcionários divulgam sua experiência com a empresa que trabalharam, salários e etc.

Bem-estar é estratégia para atrair novos funcionários

Foi-se o tempo em que o bem-estar dos funcionários ficava em segundo plano. Hoje as empresas se preocupam em tornar o ambiente de trabalho agradável e prazeroso, apostam em propostas diferentes para a retenção e captação de novos funcionários.

Não importa se você vai fazer uma contratação para um cargo com grandes responsabilidades ou para um emprego temporário, você quer ter certeza de que está captando os melhores candidatos. Por isso, a importância da união entre as estratégias dos dois setores dentro de uma organização que visa o crescimento constante.

Assim como um organismo vivo, uma empresa é composta por vários setores que juntos contribuem para um objetivo em comum, cada um com suas atribuições. Por isso todos os setores devem trabalhar em sintonia, um complementando o outro, como se fossem engrenagens se movimentando em sincronia, para atingir os resultados projetados. 

Na prática, uma organização só prospera se seus funcionários estiverem trabalhando em plena sintonia com os propósitos e valores dela. Por isso, desenhar toda a estrutura organizacional, definindo os papéis de cada área do negócio, é fundamental para facilitar não apenas o crescimento da organização, mas também a colaboração e o trabalho entre as equipes.

E com os departamentos de RH e Marketing não é diferente. Eles sempre foram vistos com objetivos bem distintos já que, teoricamente, um trata dos funcionários e o outro de clientes, personagens bem opostos em um negócio.

Mas uma coisa que as áreas possuem em comum é que, de formas diferentes, especialmente em processos e rotinas do dia a dia, tanto a área de Recursos Humanos quanto a de Marketing buscam engajar pessoas. 

No caso do RH, o objetivo é engajar o público interno, melhorando a motivação, produtividade e qualidade de vida, de maneira que os colaboradores estejam dispostos a “vestir a camisa” da empresa e a buscar os resultados esperados. Este setor também é responsável por recrutar bons profissionais, para somar e crescer junto com a empresa.

Já no caso do Marketing, a ideia é engajar o público externo, investindo na construção de uma imagem positiva da empresa, de modo que se torne referência no mercado e, consequentemente, abra caminhos para melhores resultados de negócio. Ou seja, essa área trabalha com o olhar de fora da empresa, levando para outras pessoas o nome e os ideais que ela representa.