Como saber se um candidato é a pessoa certa para a sua vaga

Saiba os principais pontos a serem observados na hora da contratação

Conseguir um emprego nos dias atuais envolve um conjunto de ações: preparar o currículo, procurar as vagas, enviar o documento para as empresas e encarar o processo seletivo. Com o aumento da concorrência no mercado de trabalho, não existe mais deixar um currículo padrão em uma empresa e, pronto, esperar a contratação. 

Por outro lado, há quem ache que fazer uma contratação é uma tarefa fácil. A verdade é que o processo é longo e existe uma série de requisitos que devem ser levados em conta. Todos os pontos, desde a análise do currículo até a entrevista, precisam ser avaliados criteriosamente. Para isso, o profissional que será o avaliador, assim como o candidato, deve se preparar para o processo seletivo, para garantir a melhor contratação. 

Mapa de exigências

Antes de iniciar o recrutamento, é essencial listar todas as competências, experiências e habilidades exigidas para o cargo. O ideal é que você tenha mapeado o que é considerado o mínimo exigido para a vaga e o que pode ser considerado como diferencial. 

Essa preparação facilita tanto na análise dos currículos como na hora da entrevista. Só assim, você terá um parâmetro para comparar e selecionar os melhores candidatos. E evitará, também, que profissionais sejam contratados pela simpatia e boa desenvoltura na entrevista mas sem possuir os requisitos para vaga.

No momento de analisar os currículos, o contratante precisa avaliar todas as informações fornecidas pelo candidato, identificando se ele está em conformidade com as necessidades, previamente listadas como importantes para a vaga oferecida. Os candidatos que não se enquadrarem nas exigências, já devem ser eliminados do processo.

Para o momento da entrevista, prepare uma lista única de perguntas que serão feitas aos candidatos. Só assim você conseguirá comparar as respostas dos entrevistados e eleger os que se destacaram. 

Leia também: Dicas para recrutar um bom profissional para uma área diferente da sua

Conduzindo a entrevista

Na entrevista, tudo deve ser criteriosamente avaliado. A pontualidade, todo o comportamento, desde o modo como fala de si até a forma como se comunica, deve ser observado. As dinâmicas em grupo são uma boa forma de fazer esse tipo de análise. Elas permitem que o avaliador projete como o candidato agirá profissionalmente e com os colegas, e como lidará com as responsabilidades exigidas pela função que está concorrendo. Tão importante quanto a qualificação é o perfil comportamental do candidato.

Mas lembre-se que não existe um perfil certo ou errado, cada função exige características específicas que trarão melhores resultados nas suas atividades. Por exemplo, se o cargo for para a área comercial, um candidato tímido e com certa dificuldade para se expressar, provavelmente não seja o mais indicado para a vaga.

Hoje, muitas empresas utilizam testes de mapeamento de perfil nos processos seletivos. O objetivo, ao aplicá-los, é conhecer melhor o comportamento dos candidatos Nos casos onde os candidatos possuem habilidades e experiências semelhantes, a aplicação do mapeamento de perfil pode fazer a diferença, ajudando na escolha de quem melhor se encaixa nos objetivos da empresa.

Para evitar possíveis dores de cabeça no futuro, você deve procurar detectar, já na entrevista, se de alguma forma o profissional indica que pedirá demissão pouco tempo depois da contratação. Procure entender se o cargo é exatamente o que ele espera para a sua carreira profissional, por exemplo.

O candidato que demonstra o desejo de se desenvolver, investindo na complementação dos estudos, através de cursos e workshops, tende a se destacar frente aos demais. Afinal, independente do cargo que for exercer, em um mundo onde as coisas acontecem muito rápido é essencial manter-se atualizado.

Outro ponto bem importante é entender sobre as funções exercidas nos empregos anteriores. Quais eram as responsabilidades, tarefas e atribuições. Pedir para que ele conte sobre sua rotina e projetos pode ser uma saída, assim você descobrirá se, de fato, suas experiências estão de acordo com a função disponível.

Pode até ser desafiador escolher, entre uma série de candidatos, um para fazer parte da equipe e levar o nome da sua empresa, mas com uma boa preparação você conseguirá encontrar o profissional ideal para ocupar o cargo.

Saiba mais sobre a etapa de contratação acompanhando o site Eu Quero e aproveite para divulgar as vagas disponíveis na sua empresa.