Há vagas: comece 2020 empregado no setor de tecnologia

Há vagas: comece 2020 empregado no setor de tecnologia

Empresas aceleram contratações no último mês de 2019 para começar o novo ano com os quadros completos

Encontrar profissionais qualificados foi o grande desafio do ano para a maior parte das empresas do setor de tecnologia no Brasil. Conforme dezembro se aproxima, elas aceleram as contratações para iniciar 2020 com os quadros completos.

Há vagas abertas em startups (jovens empresas com alto potencial de crescimento) e scale-ups (empresas que estão buscando escala para seus negócios), mas também em multinacionais e grandes companhias.

— Como o setor inteiro espera que o próximo ano seja mais aquecido do que o atual, a disputa por talentos deve se acirrar. Encontrá-los não será simples, tendo em vista que o sistema educacional não acompanhou a evolução do mercado — diz Eduardo Varela, CEO da Codenation — startup especializada em recrutamento e seleção.

Para quem já é da área ou está disposto a migrar, o momento é favorável. O setor de tecnologia emprega cerca de 681 mil pessoas no país, segundo o Tech Report 2019, da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE). Mesmo assim, está longe de estar saturado: 420 mil novas vagas devem ser abertas até 2024, conforme a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

As oportunidades são tantas e tão variadas que bons candidatos podem até escolher em que segmento trabalhar.

Um cenário que favorece
Em Santa Catarina, o setor de tecnologia se destaca em nível nacional, já que concentra 20% das startups do país. Só na Capital estão 2,4 mil empresas do setor de tecnologia, o que faz com que a cidade concentre o maior percentual de startups do Brasil. Além disso, a cada mil moradores de Floripa, 25 trabalham na área de tecnologia.

Apesar de Florianópolis sediar boa parte das empresas de tecnologia catarinenses, outras cidades do Estado estão abrindo espaço para as startups. Chapecó e Joinville são bons exemplos, assim como Tubarão, Blumenau, Balneário Camboriú e Criciúma. Esses números refletem as iniciativas desenvolvidas no Estado e que dão força ao ecossistema de inovação catarinense.

Para quem trabalha na área ou busca uma recolocação, esse cenário é favorável, já que as oportunidades de emprego vão crescendo na mesma proporção das empresas.

Eu Quero SC aponta oportunidades da área de tecnologia

O buscador Eu Quero SC reúne as principais vagas da área de tecnologia de Santa Catarina. Conheça o site e encontre a vaga ideal para você.