Cinco habilidades para melhorar a empregabilidade

A procura por emprego durante a crise é mais desafiadora. O processo de seleção e recrutamento pode ser mais competitivo e por isso tem algumas habilidades que podem ajudar o profissional a se destacar

Existem algumas características requisitadas pelos recrutadores que podem definir um bom candidato. São aquelas que vão além das formações acadêmicas e se tornam um diferencial no currículo. Os profissionais devem se adaptar às mudanças no mercado e estarem prontos para lidar com situações como a pandemia mundial e isso requer qualificações profissionais específicas.

Manter-se “em forma” também faz parte do processo, por isso o Eu Quero indica 5 habilidades para melhorar a sua empregabilidade.

Comunicação

A comunicação é a base de qualquer profissão e está presente em todas as áreas. Quando bem feita, tem efeito muito positivo. Entretanto, exige-se estratégia e bom planejamento para uma comunicação assertiva na empresa, tanto com os colaboradores quanto com os clientes.

Os profissionais devem dominar e aplicar a comunicação interna em toda e qualquer empresa para criar um ambiente harmonioso, evitando ruídos e muitos outros problemas. Esta é uma habilidade que ganha pontos extras.

Criatividade

Ser criativo é uma característica essencial para se adaptar a todas as fases profissionais. O mercado de trabalho pode pregar muitas surpresas e, por isso, a criatividade é indispensável para inovar no trabalho e apresentar novas formas de executar as atividades. Para se manter sempre em alta no mercado é necessário observar as mudanças e com criatividade se adaptar a elas.

Essa habilidade também impacta muito na proatividade, um conceito que também precisa aparecer em destaque nas suas características pessoais.

Proatividade

Proatividade é uma das habilidades que todo empregador espera. O profissional deve se antecipar e agir para resolver situações ou evitar problemas futuros. Não espere seu chefe pedir, seja proativo e apenas faça. A proatividade está ligada diretamente ao aumento da produtividade do trabalho, já que, se antecipando, o colaborador pode ganhar tempo para resolver e finalizar uma tarefa.

Conhecimento digital

A tecnologia está presente em todos os setores e a maioria das empresas exige o conhecimento básico para trabalhar com as ferramentas digitais. Hoje em dia, o básico faz parte de qualquer instituição, buscando a otimização do trabalho. Por isso é tão importante se atualizar e acompanhar as mudanças, para lidar adequadamente com todas as plataformas online que a tecnologia oferece e melhorar o seu trabalho. A tecnologia está do nosso lado e veio para somar, aumentando a produtividade, acelerando processos e auxiliando em todas as áreas de atuação.

Flexibilidade

Ser flexível para analisar novas possibilidades, expandir horizontes e se adaptar às mudanças. Em uma situação como a pandemia mundial do Covid-19, por exemplo, muitas empresas reduziram o número de colaboradores e os que ficaram precisam ajudar e oferece ainda mais atitude, para dar conta do trabalho. Além disso, o período reforçou a importância da adaptação, que permitiu muitos profissionais se encontrarem em novas funções e assumirem ainda mais responsabilidades. Mas para isso é necessário ser flexível, e aceitar as novas oportunidades.

Talvez uma habilidade adormecida que será descoberta e se torne uma nova área de atuação. A flexibilidade no mercado de trabalho é importante para viver novas experiências e conseguir se adaptar às diversas situações, consequentemente mantendo um emprego ou se reposicionando no mercado.

Para saber mais sobre o mercado de trabalho, acompanhe o blog do Eu Quero.